Blog

  • Home
F7D66C1A-44F2-474C-ACB8-39BBF307715D

Podemos comparar a nossa vida com uma viagem. Ao nascer, somos colocados para dentro de um comboio que já estava em movimento. Não sabemos para onde vamos ou em que estação vamos descer.

Ao entrar na carruagem, encontramo-nos com várias pessoas: inicialmente nossos pais, irmãos, familiares e, depois, nossos amigos, esposa, marido, filhos e conhecidos. Enquanto estamos a bordo, conversarmos, nos divertimos, comemos e dormimos. Tudo vai bem e somos felizes.

Porém, infelizmente, não será sempre assim. Certamente chegará o momento em que essas pessoas terão que desembarcar e irão se despedir, um a um. Ou ainda, nós é que teremos que descer do comboio e deixar para trás marido, esposa, filhos e amigos.

Segura teu filho no colo
Sorria e abrace teus pais enquanto estão aqui
Que a vida é trem-bala, parceiro
E a gente é só passageiro prestes a partir

Ana Vilela

As singelas palavras da música de Ana Vilela (vídeo abaixo), leva-nos a refletir sobre o lado bom, feliz, belo e otimista da vida, ao mesmo tempo que faz um valioso alerta para uma realidade de que não podemos fugir.

Ter consciência desta realidade faz com que possamos viver cada instante da vida, com os nossos familiares e amigos, como um verdadeiro tesouro. É o que ensinam, também, as sábias palavras do livro “Sementes do Coração”, de Kentetsu Takamori.

“Os laços deste mundo duram apenas algum tempo.
Somos marido e mulher, pais e filhos, por um breve período apenas.
Quando absorvermos essa verdade,
não conseguimos deixar de valorizar cada momento de nossas breves ligações.”

Kentetsu Takamori

Please wait while flipbook is loading. For more related info, FAQs and issues please refer to DearFlip WordPress Flipbook Plugin Help documentation.

Dúvidas, perguntas e comentários podem ser enviadas para Mauro Nakamura, pelos seguintes meios:

Mauro M. Nakamura
Professor de filosofia budista, autor, editor de conteúdo e presidente da ITIMAN. Diretor internacional da Ichimannendo Publishing Co. Ltd. - Tóquio, Japão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *