Blog

  • Home
linden-market-1519052_1920

Um comerciante perguntou uma vez ao famoso pensador japonês Watanabe Kazan (1793-1841) quais eram os segredos para obter sucesso nos negócios. Watanabe, de boa vontade, formulou os seguintes princípios: 

1. Levante da cama antes de seus empregados. 

2. Trate o cliente que gasta pouco com mais consideração do que o cliente que compra bastante. 

3. Quando um cliente devolve um produto que não o satisfez, trate-o com cortesia ainda maior do que quando ele fez a compra. 

4. Quanto mais próspero, mais simples e modesto você deve ser. 

5. Registre cada centavo que gastar consigo mesmo. 

6. Não esqueça a determinação de sua primeira tentativa nos negócios. 

7. Quando um concorrente abrir as portas no bairro, estabeleça relações cordiais com ele e proponha uma calorosa ajuda mútua. 

“A vida ajuda quem cedo madruga”: ontem, hoje e sempre, esse é um segredo do sucesso e de uma vida saudável. 

Existe uma tendência a supervalorizar os ricos e menosprezar os pobres, mas devemos tratar os pobres com a mesma atenção e ajudá-los. Da mesma forma, por mais inconveniente que seja, é importante colocar-se na situação do outro e lidar com todos de forma cordial. 

Quanto mais pessoas lhe demonstram respeito e admiração, mais cauteloso você deve ser nas suas palavras e atos. 

Tudo neste mundo, até um pedaço de papel, existe para realizar o propósito da vida e obter a verdadeira felicidade, por isso, tem de ser tratado com respeito. 

Se você tem o privilégio de ser bem-sucedido, não deve jamais esquecer o espírito do principiante nem ficar indolente ou tornar-se arrogante. Quando um rival aparecer, aprecie-o como alguém que surgiu para estimular em você mais esforços de aperfeiçoamento. 

A bondade não beneficia somente os outros. Beneficia quem a pratica também. Não poupe esforços para ver os outros viverem felizes. 

Saiba mais sobre o autor do artigo, o professor Kentetsu Takamori.

mm
Professor de budismo e autor de diversos best-sellers sobre filosofia budista, desenvolvimento humano e educação no Japão. Autor do livro "Porque vivemos".

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *