Blog

  • Home
5F9932F2-BCA2-4121-96F6-41B54211B3B4

… os obstáculos, para ser plenamente feliz!

Muitas vezes presente no mundo desportivo, “contra tudo e contra todos” é uma expressão que também pode ser aplicada ao nosso dia a dia, quando estamos a lutar por algo importante na vida e enfrentamos grandes desafios. 

À primeira vista, esta frase pode passar uma impressão não muito boa, por frequentemente estar ligada a momentos de revolta ou pressão, e até mesmo uma certa soberba de quem a diz. Mas há um outro lado positivo, que precisa ser explicado e evidenciado.

Alguns podem pensar que “contra todos” tem o significado de “contra todas as pessoas”, no entanto, o mais adequado, otimista e inteligente é interpretar como “contra todos os obstáculos e as dificuldades”, para ser verdadeiramente feliz.

Na vida podemos sempre adotar duas posturas: a passiva (que age de forma reativa) e a proativa (que toma a iniciativa).

Podemos entender a postura passiva e reativa como aquela em que temos o pensamento de gerir o momento presente em que vivemos da melhor maneira possível, quando queremos sentir e reagir aos nossos sentimentos e emoções do agora de forma positiva, controlando paixões que todos nós temos, como o desejo, a ira, a raiva e a inveja, por exemplo.

Qualquer pessoa passa por momentos assim na vida e, por isso, precisamos saber e desenvolver capacidades para lidar com eles. Mas, assim como em qualquer desporto, não basta saber e conseguir se defender bem para vencer. É preciso algo mais: tomar a iniciativa, ter uma postura propositiva e atacar o adversário.

Para vencer na vida e ser verdadeiramente feliz também precisamos de ter iniciativa e não apenas nos defender, tentando somente gerir os nossos sentimentos e viver em paz connosco, neste momento. É necessário ser proativo e eliminar pela raiz as nossas angústias e problemas que nos causam sofrimento. É preciso coragem para encarar a causa real de frente e avançar em direção à solução.

Para isso, temos de tomar a iniciativa frente aos desafios da vida e agir antecipadamente, que significa viver o presente em função e de acordo com a visão do futuro que temos. Isto quer dizer: viver hoje da melhor maneira possível para concretizar os nossos sonhos e não apenas para deixar de ter sentimentos indesejáveis no momento presente, saber claramente do propósito da vida e avançar pelo caminho até a sua conclusão, olhar com sinceridade e sabedoria para a verdadeira causa do sofrimento e buscar a sua solução definitiva.

Tudo isto é viver e lutar “contra tudo e contra todos”, na visão da filosofia budista. 

Tudo depende de nós: ser passivo ou ser proativo? A escolha sempre será nossa. 

Vamos refletir, decidir e agir!

Leia mais sobre este tema no artigo “Pensar no futuro para viver o presente em pleno”.

Dúvidas, perguntas e comentários podem ser enviadas para Mauro Nakamura, pelos seguintes meios:

mm
Professor de filosofia budista, autor, diretor de conteúdo e presidente da ITIMAN. Diretor internacional da Ichimannendo Publishing Co. Ltd. - Tóquio, Japão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *