Blog

  • Home
60274827-2379-4A98-A977-4AF4C7BBD5AF

A lua cheia não dura para sempre; logo ela começa a minguar. No entanto, não é tão fácil perceber a mudança que ocorre ao longo de uma única noite. Mas se compararmos a mesma lua depois de uma semana, a transformação ficará nítida. 

Da mesma forma, por mais que tenhamos conhecimento da efemeridade e inconstância da vida, temos muita dificuldade para sentir e ter real consciência de que a cada dia nos aproximamos do futuro inevitável a qualquer ser humano: a morte. 

Enquanto gozamos de saúde e estamos bem, vivemos como se tudo neste mundo fosse imutável; acreditamos que viveremos tranquilos para sempre. Por isso, decidimos satisfazer primeiro os nossos desejos, necessidades imediatas e sonhos, para depois pensar em questões mais profundas do ser humano, como porque vivemos e o propósito da vida.

Contudo, se ficamos doentes e com risco de morrer, certamente ficará evidente que nada nesta vida proporciona uma felicidade plena e duradoura, que, no máximo, conseguimos viver momentos de alegria, satisfação e paz, mas sempre de forma temporária e passageira. E assim, só nos restará lamentar. Qualquer palavra de conforto será inútil e haverá apenas arrependimento pela negligência às questões essenciais da vida.

Este é o valioso alerta feito pelo Buda Shakyamuni, há 2600 anos, motivo pelo qual dedicou a vida para explicar sobre o propósito da vida e o caminho para a sua conclusão a partir da conquista da verdadeira felicidade duradoura. 

Ao mesmo tempo em que temos de estudar ou trabalhar para sobreviver, que é importante conviver em família, cuidar da saúde, relaxar e ter uma vida saudável, equilibrada e com bem-estar, precisamos também de reservar um tempo no nosso quotidiano para refletir e buscar uma “solução” para a doença e a morte, limitantes para uma vida verdadeira e completamente feliz.

A “solução” apresentada e explicada pela filosofia budista ocorre no momento em que obtemos, nesta vida, a felicidade plena e duradoura, que é imutável e indestrutível mesmo perante a doença e a morte. 

No íntimo, esta é a felicidade que todos nós procuramos e que nos motiva a lutar todos os dias por uma vida melhor. É o propósito universal da vida humana.

Saiba mais sobre o propósito da vida de qualquer ser humano, no livro Porque vivemos e no curso online oferecido aos leitores do livro.

Please wait while flipbook is loading. For more related info, FAQs and issues please refer to DearFlip WordPress Flipbook Plugin Help documentation.

Onde adquirir o livro:

Dúvidas, perguntas e comentários podem ser enviadas para Mauro Nakamura, pelos seguintes meios:

mm
Professor de filosofia budista, autor, diretor de conteúdo e presidente da ITIMAN. Diretor internacional da Ichimannendo Publishing Co. Ltd. - Tóquio, Japão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *