Blog

  • Home
D34215FA-1D18-4A47-89C7-5635E76667B6

Inspirado no livro PORQUE VIVEMOS, de Kentetsu Takamori (publicado em Portugal pela Farol / Penguin Random House), o filme NAZE IKIRU (Porque Vivemos) é baseado em factos reais e aborda reflexões filosóficas sobre a vida e o ser humano, tendo como pano de fundo a popularização do budismo no Japão, há mais de 500 anos.

A animação mostra a história de transformação do revoltado camponês Ryoken, que perde a esposa num trágico acidente e entra em contacto com os ensinamentos de Mestre Rennyo.

Ambientada no século XV, período de guerras civis no Japão pelo controle de poder por parte de diversos clãs, a saga enfoca também a vida do Mestre Rennyo, que foi perseguido pelos monges guerreiros do Monte Hiei (em Quioto) até seu exílio em Yoshizaki, na província de Fukui, onde construiu um complexo de t, destruídos por um incêndio criminoso em 1474.

Ao levantar questões existenciais como a do título, o filme faz refletir sobre vida e morte, felicidade e sofrimento, gratidão, compaixão e sabedoria, entre outras ideias fundamentais da filosofia budista.

“Porque vivemos” permaneceu 29 semanas em cartaz no Japão, em 2016 e 2017, e 9 semanas no Brasil, em 2017. Também foi exibido nos cinemas da Suécia, em 2018, e em Portugal e Espanha, em 2019.

Após assistir ao filme, os participantes poderão fazer perguntas ao professor Mauro M. Nakamura,, que responderá e explicará os pontos principais.

Este evento é promovido pela ITIMAN – Associação Editorial Luso-Japonesa de Desenvolvimento Humano (www.itiman.eu), em parceria cultural com a FEIRA DO LIVRO DE LISBOA / APEL – Associação Portuguesa de Editores e Livreiros.

04 DE SETEMBRO (DOMINGO)
20h00

AUDITÓRIO SUL
FEIRA DO LIVRO DE LISBOA 2022
Parque Eduardo VII – Lisboa

INFORMAÇÕES
E-mail: mauro.nakamura@itiman.eu
WhatsApp: +351 91 219 1900

mm
Professor de filosofia budista, cultura japonesa e pensamento nipónico, autor, diretor de conteúdo e presidente da ITIMAN. Diretor internacional da Ichimannendo Publishing Co. Ltd. - Tóquio, Japão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *