Blog

  • Home
6485788E-2734-436A-8B11-FBEC621F4B53

Neste 10º Encontro Online do Clube de Leitura ITIMAN, que será realizado no dia 1 de maio de 2022 (domingo) pelo Skype, vamos debater e refletir sobre o texto do livro “Filosofia da Ciência”, do escritor,psicanalista e educador brasileiro Rubem Alves, que escreveu:

“Antes de mais nada é necessário acabar com o mito de que o cientista é uma pessoa que pensa melhor do que as outras. O fato de uma pessoa ser muito boa para jogar xadrez não significa que ela seja mais inteligente do que os não-jogadores. 

O cientista virou um mito. E todo mito é perigoso, porque ele induz o comportamento e inibe o pensamento. Este é um dos resultados engraçados (e trágicos) da ciência. Se existe uma classe especializada em pensar de maneira correta (os cientistas), os outros indivíduos são liberados da obrigação de pensar e podem simplesmente fazer o que os cientistas mandam. Quando o médico lhe dá uma receita você faz perguntas? Sabe como os medicamentos funcionam? Será que você se pergunta se o médico sabe como os medicamentos funcionam? Ele manda, a gente compra e toma. Não pensamos. Obedecemos. Não precisamos pensar, porque acreditamos que há indivíduos especializados e competentes em pensar. Pagamos para que ele pense por nós. E depois ainda dizem por aí que vivemos em uma civilização científica… 

O que eu disse dos médicos você pode aplicar a tudo. Os economistas tomam decisões e temos de obedecer. Os engenheiros e urbanistas dizem como devem ser as nossas cidades, e assim acontece. Afinal de contas, para que serve a nossa cabeça? Ainda podemos pensar? Adianta pensar? 

O senso comum e a ciência são expressões da mesma necessidade básica, a necessidade de compreender o mundo, a fim de viver melhor e sobreviver. E para aqueles que teriam a tendência de achar que o senso comum é inferior à ciência, eu só gostaria de lembrar que, por dezenas de milhares de anos, os homens sobreviveram sem coisa alguma que se assemelhasse à nossa ciência. A ciência, curiosamente, depois de cerca de 4 séculos, desde que ela surgiu com seus fundadores, está colocando sérias ameaças à nossa sobrevivência.”

____________________

Se tem interesse nestas questões, quer debater, ouvir e saber mais sobre a ciência, senso comum e as suas influências na nossa maneira de pensar, agir e viver, venha participar connosco!

O Clube de Leitura ITIMAN é um projeto social de âmbito internacional e de integração cultural, social e humana, promovido e coordenado pela ITIMAN – Associação Editorial Luso-Japonesa de Desenvolvimento Humano.

O Projeto visa promover o gosto pela leitura e de obras de escritores do mundo inteiro, em especial de língua portuguesa e japonesa, com temáticas que abordam o ser humano através da narrativa literária e do estilo poético, tendo como objetivo principal compreender a vida do ser humano, os seus hábitos e costumes, e principalmente, o propósito de viver.

O Clube de Leitura ITIMAN também pretende levar a leitura para o público em geral e, deste modo, criar oficinas de leitura/oralidade com vista à promoção e difusão da língua portuguesa e cultura dos povos em que as obras fazem referência.
____________________

Para participar, basta manifestar o interesse ao coordenador do Clube de Leitura ITIMAN, Mauro M. Nakamura, por um dos meios abaixo:

E-mail: mauro.nakamura@itiman.eu

WhatsApp: +351 912 191 900 (Mauro).

O texto será enviado ao participante após a inscrição, pelo WhatsApp ou e-mail.

Mais informações no site da ITIMAN, em: https://www.itiman.eu

(Por Mauro M. Nakamura, professor de filosofia budista, autor do livro “Causa e Consequência”, diretor de conteúdo e presidente da ITIMAN. Diretor Internacional da Ichimanenndo Publishing – Tóquio, Japão) 

mm
Professor de filosofia budista, cultura japonesa e pensamento nipónico, autor, diretor de conteúdo e presidente da ITIMAN. Diretor internacional da Ichimannendo Publishing Co. Ltd. - Tóquio, Japão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *