Blog

  • Home
IMG_5467

A Fnac Faro exibiu no dia 24 de novembro de 2019 o filme animado japonês “Porque Vivemos” e promoveu um workshop com Mauro Nakamura, professor de filosofia budista, que explicou sobre um dos valores humanos essenciais tratados no filme: a gratidão.

Reconhecer, sentir e retribuir a gratidão. Este é o caminho que devemos trilhar para termos uma vida plena de felicidade, segundo a filosofia budista. Buda Shakyamuni, precursor do Budismo, ensinou que “quem sente gratidão pelos favores que recebe alcança o êxito. Quem esquece os favores recebidos perde a confiança”.

Devemos sentir gratidão por todas as pessoas, objetos e seres vivos ou inanimados que proporcionam e tornam possível a nossa existência, mas precisamos, principalmente, ter consciência da gratidão aos nossos pais.

Dentro do Sutra da Infinita Gratidão aos Pais, buda Shakyamuni explicou sobre as dez gratidões aos pais, um assunto que será tema de um dos próximos livros que a Itiman irá produzir.

Enquanto os novos livros não são publicados, este e outros importantes temas para a felicidade humana ensinados no budismo podem ser lidos no blog deste site e serão partilhados nos workshops, cursos e projetos sociais que estão a ser desenvolvidos pela Itiman em outros eventos da Fnac, livrarias, escolas, instituições públicas e privadas do país.

Todos os nossos eventos podem ser acompanhados em nossa página no Facebook e Instagram, além do site Itiman. Para maiores informações ou esclarecimento de dúvidas, podem entrar em contacto pelo e-mail: info@itiman.eu

O filme Porque Vivemos

A partir do livro Porque Vivemos, de Kentetsu Takamori, foi criado o filme de animação dirigido por Hideaki Ohba, que permaneceu em cartaz ao longo de 29 semanas no Japão e 9 semanas no Brasil. Foi exibido também em cinemas de Portugal, Espanha, Suécia e Estados Unidos.

«Por maior que seja o sofrimento», diz mestre Rennyo, «existe um propósito na vida. Sem conhecer a essência da vida, não podemos levar nada deste mundo.»

O filme relata a história de Ryoken, um camponês no Japão feudal do século xv, revoltado por eventos trágicos, desde a infância até ao momento em que perde a esposa, num terrível acidente. Ryoken passa por um período de transformação, com o qual muitos de nós nos identificamos quando surge a dor e a perda. Nessa transformação, alcança o entendimento adequado da sua vida e do seu propósito.

Veja o trailer do filme aqui…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *