Blog

  • Home
BA5165C5-BC1A-49F8-8A18-C7ADD80F2270

Muito tempo atrás, havia dois comerciantes que sempre atravessavam uma estreita passagem na montanha, carregando nas costas um saco de roupas e tecidos.Um dia, um deles encostou-se a uma pedra à beira do caminho. “Cansativo, não é?”, suspirou.

“Vamos descansar um pouco. Sabe, se ao menos esse morro não fosse tão difícil de subir, poderíamos atravessar a montanha com facilidade e ganhar mais dinheiro.” Desanimado, olhou a íngreme passagem.

“Não concordo”, replicou seu companheiro. “Na verdade, queria que a passagem fosse mais alta e mais íngreme.”“Queria?”, perguntou o primeiro homem, pasmo. “Por quê? Você gosta de sofrer? Que estranho!”

O companheiro explicou: “Se fosse fácil de atravessar, toda gente passaria por ela para fazer negócios e nossos lucros seriam menores. Se a passagem fosse mais alta e mais íngreme, ninguém atravessaria por aqui além de nós e nossos negócios seriam ainda mais prósperos”.

Empresários de sucesso precisam ser astutos nos negócios, mas também ousados nas atitudes. O sucesso é fruto de esforço. Nada vem fácil, a não ser pobreza e vergonha.Quanto mais dura a tarefa, mais glorioso o triunfo.(História de Kentetsu Takamori, autor do livro “Porque vivemos”)

O mesmo pode ser dito para a felicidade. Se queremos ser felizes, precisamos plantar boas sementes ou seja, praticar boas ações, o que não é nada fácil. Praticar uma boa ação exige esforço, dedicação, doação e sacrifício.

Se até para conseguirmos sucesso profissional e obtermos alegrias e satisfações, mesmo que temporárias, nesta vida precisamos de muito esforço e suor, não podemos e nem devemos poupar esforços para praticar boas ações e avançar no caminho para a felicidade plena e duradoura, objetivo final e supremo da existência humana.

Portanto, vamos praticar boas ações e gerar felicidade! Para nós e para as pessoas!

Este é o sentimento essencial da filosofia budista.

Saiba mais sobre este tema no livro Causa e Consequência – Filosofia budista para o dia a dia, de Mauro M. Nakamura.

Dúvidas, perguntas e comentários podem ser enviadas para Mauro Nakamura, pelos seguintes meios:

mm
Professor de filosofia budista, autor, diretor de conteúdo e presidente da ITIMAN. Diretor internacional da Ichimannendo Publishing Co. Ltd. - Tóquio, Japão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *