Blog

  • Home
3EE38456-11F6-4F06-A56B-9B870699A56B_1_201_a

Os sofrimentos humanos são os mais variados. Há pessoas que sofrem porque têm uma doença incurável, outras que, mesmo saudáveis, estão aflitas com a falta de dinheiro. Mesmo com posses materiais e saúde, há pessoas que sofrem por questões de relacionamento humano.

Há mais de 2600 anos, Buda Shakyamuni transmitiu a filosofia budista com o único objetivo de “eliminar o sofrimento das pessoas e proporcionar a felicidade”. Este é o significado de “compaixão”, ensinamento budista muito discutido e necessário nos dias atuais.

Ao longo da vida, qualquer pessoa passa por vários tipos de sofrimentos, assim como numa árvore, surgem continuamente incontáveis folhas e ramos.

Para cada tipo de sofrimento, precisamos de um caminho adequado para sua a solução, da mesma forma que para cada doença, é necessário adotar um remédio específico. Por esta razão, são vários os caminhos e soluções apresentadas no Budismo, como as mais conhecidas práticas e meditações, entre outras. 

No processo de busca pela felicidade, que iniciamos desde o momento em que tomamos a consciência da vida, o mais importante é saber corretamente da causa do sofrimento (doença) e qual caminho trilhar (remédio) para solucioná-lo definitivamente. 

Embora seja necessário e relevante, não basta podar as folhas e ramos da árvore (os vários sofrimentos cotidianos). Para além disso, é essencial arrancar a raiz da árvore do sofrimento. 

Para isso, primeiro, temos de saber corretamente e claramente sobre a raiz (causa básica) do sofrimento humano. Ao mesmo tempo que precisamos viver com todas as forças o nosso dia a dia e gerir os vários sofrimentos cotidianos, como as questões relacionadas à saúde física, mental e emocional, meios de subsistência, família, trabalho e relacionamentos pessoais, necessitamos prioritariamente avançar pelo caminho que nos levará até a solução definitiva do sofrimento, para então, obtermos não apenas alívios e felicidades temporárias, mas sim, a tão desejada felicidade plena e duradoura nesta vida.

No vídeo abaixo, partilhamos um trecho do anime japonês “A tragédia do Castelo Osha” (versão dublada em português), em que Shakyamuni – o Buda, explica sobre a raiz do sofrimento humano. 

A filosofia budista indica exatamente o caminho para solução da raiz do sofrimento humano e a consequente conquista da felicidade plena, em que o fundamental é ouvir e ler sobre o ensinamento, para conhecer, saber, compreender corretamente a essência desta filosofia milenar e praticar o ensinamento no cotidiano, em cada dia da nossa vida, em cada ação que realizamos.

A explicação introdutória sobre a causa básica do sofrimento humano e sua solução, segundo a filosofia budista, é apresentada no livro “Porque Vivemos” e discutida nos cursos online “Por que vivemos?” e “Princípio da Causa e Consequência”, oferecidos pela ITIMAN aos leitores do livro “Porque vivemos”.

Saiba mais sobre os cursos online sobre temas do nosso desenvolvimento como seres humanos.

Dúvidas, perguntas e comentários podem ser enviadas para Mauro Nakamura, pelos seguintes meios:

mm
Professor de filosofia budista, autor, diretor de conteúdo e presidente da ITIMAN. Diretor internacional da Ichimannendo Publishing Co. Ltd. - Tóquio, Japão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *