Blog

  • Home
PT 2020.04.05

Não saber ou não conseguir determinar a causa com precisão pode trazer resultados devastadores – uma doença curável pode se tornar fatal.

Sem um diagnóstico correto, não se pode adotar o tratamento adequado. Obviamente, o sofrimento do doente não poderá ser eliminado.

Identificar a causa da doença é a essência do tratamento.

Da mesma forma, somente quando observamos com precisão a realidade de que “viver implica em ter sofrimentos” e identificamos corretamente a causa desse sofrimento é que uma vida de alegria plena e suprema poderá se abrir diante de nós. Por isso, a missão mais urgente de toda a humanidade é descobrir a raiz do sofrimento.

Sobre este assunto, o Prof. Kentetsu Takamori escreveu no livro “Porque vivemos”:

“Pode haver ansiedade maior do que um futuro incerto?

«Qual a fonte deste sofrimento?» Se não sabemos qual a causa verdadeira do sofrimento da vida, nunca conseguiremos conhecer o verdadeiro alívio ou contentamento. O propósito definitivo da vida é eliminar a raiz de todo o sofrimento e ser tomado pelo júbilo: «Como sou feliz por ter nascido humano!»

Felicidade e sofrimento, ao que parece, avançam sempre de mãos dadas.

Quem busca o auge da felicidade tem de estar preparado para enfrentar a infinita tristeza diante da morte.

Olhar a morte de frente não significa deslizar inutilmente para a depressão: pelo contrário, é o primeiro passo para fazer cada momento da nossa vida ser mais brilhante que o Sol.”

A explicação completa sobre a causa básica do sofrimento humano e a sua solução nesta vida, segundo a filosofia budista, pode ser lida no livro “Porque vivemos”.

mm
Professor de filosofia budista, autor, diretor de conteúdo e presidente da ITIMAN. Diretor internacional da Ichimannendo Publishing Co. Ltd. - Tóquio, Japão.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *