Blog

  • Home
436D6282-0456-45CD-9923-E16173D983CE
Onde está a diferença da pessoa que progride e da outra que permanece estagnada? 

Muitos começam a aprender uma arte e decidem não exibir seus trabalhos em público enquanto não adquirirem perícia e habilidade de profissionais, para não passar vergonha. 

Quem assim pensa, jamais conseguirá sucesso, nem habilidades genuínas. 

Enquanto somos inexperientes e ainda não dominamos totalmente uma arte, técnica ou conhecimento é imprescindível interagir com pessoas experientes. Mesmo que nos tornemos alvo de críticas e até de vexame, não devemos desanimar. Temos de nos esforçar e nos dedicar com perseverança para progredir. 

A pessoa que cultiva tal postura, esforçando-se em silêncio e sem desistir, alcançará o desenvolvimento pleno e será reconhecida pela sociedade, mesmo que não possua desde o início o conhecimento e a habilidade necessária.

Ao contrário, o indivíduo que tem talento natural e é tomado pela soberba, por negligenciar o esforço diário, acabará abandonando seus objetivos no meio do caminho. 

Aqueles que hoje são aplaudidos e respeitados, foram no início, criticados e desdenhados por terem produzido obras imperfeitas. Apesar disso, seguiram em frente, com  disciplina e perseverança, sem tomar decisões precipitadas e arbitrárias, até que um dia conseguiram ser reconhecidos e admirados. 

Em qualquer caminho que vamos trilhar é preciso ter dedicação e determinação, mas acima de tudo, humildade para aprender. 

O mais importante em qualquer pessoa é a vontade sincera e perseverante de querer melhorar e progredir. Pode parecer simples, mas somente quem já se esforçou para colocar em prática sabe o quanto é difícil.

Por trás do sucesso, há lágrimas ocultas.

Leia também o artigo “A escolha do caminho”.

Dúvidas, perguntas e comentários podem ser enviadas para Mauro Nakamura, pelos seguintes meios:

mm
Professor de filosofia budista, autor, diretor de conteúdo e presidente da ITIMAN. Diretor internacional da Ichimannendo Publishing Co. Ltd. - Tóquio, Japão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *