Porque Vivemos pelo olhar de Daniela Oliveira

Porque Vivemos pelo olhar de Daniela Oliveira

Daniela Oliveira, de 29 anos, é Marketer Digital há 5 anos. Apesar do seu gosto pelo digital, tenta equilibrar o seu tempo offline.

O que te levou a ler este livro do Prof. Takamori?

A assertividade do título. Existem cada vez mais livros de auto-ajuda, no entanto, este livro só pelo título e resumo chamou-me a atenção. No resumo foca uma ideia interessante, que é: temos uma vida cada vez mais longa e confortável, no entanto existe cada vez mais pessoas a sentirem solidão e vazio.

Sendo a cultura japonesa diferente da portuguesa, achas que existem pontos em comum? De que forma?

Na minha opinião, existem alguns pontos em comum. Nomeadamente, o orgulho pelas nas nossas tradições e história, passando este sentimento para as gerações seguintes. Também, damos bastante importância ao trabalho e à família, lutamos por ter um bom trabalho e temos o costume de conviver muito em família.

Que tipo de mensagem sentiste que o livro te transmitiu?A mensagem que mais me marcou é que existem dois tipos de felicidade a duradoura e a passageira (por exemplo, os objetivos imediatos que temos durante a nossa vida), e temos a tendência de procurar o propósito da vida na felicidade passageira.

O que mais te marcou como citação?

“Quando se conquista o propósito da vida, todo o sofrimento é recompensado: cada lágrima derramada regressa a nós como uma pérola.”Já quase no final do livro esta citação marcou-me. Depois de toda a reflexão feita durante o livro é um incentivo ler que apesar de ser um caminho árduo, para além de possível, será recompensado.

Que sementes sobre este livro gostarias de deixar aos nossos leitores?

Se estão numa fase que questionam o sentido da vida e/ou querem encontrar a vossa paz interior, comecem por o livro “Porque Vivemos”. Terão a sensação de “é isto que sinto” e poderão refletir sobre cada situação até perceberem o vosso caminho e o propósito da vida.


WORKSHOP - Qual é a raiz do sofrimento humano? Saber da causa é meio caminho para a solução

Março 28, 2019

Afinal, porque vivemos?

Março 28, 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *