Blog

  • Home
ED5724BC-8E55-4BD7-8AF7-7B3749EC02F6

Há 2600 anos, na Índia, Buda Shakyamuni (Siddhartha Gautama) já ensinava que para toda e qualquer consequência, com certeza existiu uma causa, que não há nada que aconteça sem causa, por acaso. Isto é explicado em profundidade pelo Princípio da Causalidade (causa e consequência), base de toda a filosofia budista e, também, de uma vida feliz. 

O Princípio da Causalidade explica a relação entre causa e consequência da seguinte forma:

Boas causas geram boas consequências. 

Más causas geram más consequências. 

Minhas causas geram as minhas consequências. 

(PRINCÍPIO DA CAUSALIDADE – BASE DE TODA A FILOSOFIA BUDISTA)

O Princípio da Causa e Consequência é o ensinamento que está presente em todos os sutras budistas. A partir da compreensão mais profunda e completa do Princípio da Causalidade poderemos entender melhor porque determinados factos acontecem na nossa vida e de que maneira o nosso destino é construído. 

Se considerarmos o Budismo como uma árvore, o Princípio da Causalidade é o tronco e a raiz da árvore, ou seja, é o ensinamento básico de toda a filosofia budista. Sem a raiz a árvore acabará secando, e se cortar o tronco perderá o sustento. Portanto, se entendermos o Princípio da Causalidade, poderemos compreender o Budismo e as relações de causa e consequência existentes na nossa vida e em relação ao nosso eu.

No Curso Online “Princípio da Causa e Consequência” poderá ouvir as explicações mais profundas, esclarecer as dúvidas e compreender melhor os conceitos de “carma” e as relações de causa, condição e consequência do processo de construção do nosso futuro (destino).

Maiores informações e inscrições para o curso podem ser feitas pelo link abaixo.

Dúvidas, perguntas e comentários podem ser enviadas para Mauro Nakamura, pelos seguintes meios:

mm
Professor de filosofia budista, autor, diretor de conteúdo e presidente da ITIMAN. Diretor internacional da Ichimannendo Publishing Co. Ltd. - Tóquio, Japão.

One Comment

    • Amanda Da Silva

    • 2 meses ago

    Sou a Amanda Da Silva, gostei muito do seu artigo tem
    muito conteúdo de valor parabéns nota 10 gostei muito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *