Blog

  • Home
15BBFF7F-5579-4B3E-B55E-103F00AC2482

As relações humanas nem sempre são simples e fáceis. Muitas vezes, discutimos e brigamos por coisas pequenas. A seguinte fábula de Esopo ilustra bem a questão.

Num dia quente de verão, o leão e o javali estavam com as gargantas secas. Então, avistaram uma fonte. Mas quem beberia primeiro? O orgulho não os deixava ceder, e o problema tomou proporções de disputa de vida ou morte. 

Em uma pausa na briga, olharam para trás e viram um bando de abutres em tocaia, esperando para devorar aquele que caísse primeiro. Foi quando o leão e o javali mudaram suas formas de pensar. 

— Em vez de virarmos comida de abutre, é melhor tornarmo-nos colegas. 

Se mudarmos um pouco o modo de pensar, é possível beber juntos da pequena fonte. Em assuntos menores, vamos evitar o gasto desnecessário de energia. 

(Extraído do livro “A bagagem dos viajantes”, de Koichi Kimura)

Priorizar o que é mais importante e não utilizar demasiado tempo e energia na solução de problemas menores, também é viver de forma sábia e feliz.

O que devemos fazer primeiro nesta vida imprevisível e de incertezas? 

Esta consciência é a bússola indicada pela filosofia budista para uma vida sem arrependimentos e de plena satisfação e tranquilidade. 

Leia, também, os artigos “A Sabedoria de valorizar e utilizar o tempo” e “O mais importante”, e compreenda melhor este relevante tema para uma vida saudável e genuinamente feliz.

Dúvidas, perguntas e comentários podem ser enviadas para Mauro Nakamura, pelos seguintes meios:

mm
Professor de filosofia budista, autor, diretor de conteúdo e presidente da ITIMAN. Diretor internacional da Ichimannendo Publishing Co. Ltd. - Tóquio, Japão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *